Último trimestre do ano é o período do Casamento no bairro do Ipiranga

Levantamento inédito no Cartório de Registro Civil do bairro contraria o senso comum e apresenta os últimos meses como os mais apreciados pelos moradores para a celebração do casamento

noivas

Nada de maio, tradicionalmente conhecido como o mês das noivas. Há 10 anos, o último trimestre do ano – outubro, novembro e dezembro – é o período em que a população mais se casa no tradicional bairro do Ipiranga, na região central de São Paulo. De acordo com levantamento realizado pelo 18º Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais que, desde 1919 atende à população local, esses três meses registraram o maior número de celebrações desde 2007.

Segundo o levantamento, só em 2016 foram realizados 337 matrimônios neste período, uma média de 112 casamentos civis ao mês. O mês de dezembro superou a média, atingindo a marca de 126 uniões. Desde 2007, 3.193 casamentos foram realizados somente nesta época do ano, o que dá uma média de quase 320 a cada a trimestre.

De acordo com a registradora civil Karine Boselli, que assumiu o cartório após aprovação em concurso público, ocupando a 1ª colocação, em 2015, a demanda ao final do ano se dá por uma conjunção de fatores, como a proximidade do fim do ano letivo e chegada das férias, o desejo de começar o próximo anos com novos planos familiares, e a conjuntura econômica da população.

Karine explica ainda porque o casamento civil é tão celebrado. “Os números demonstram que o casamento tem se mantido ainda muito importante para a sociedade. Isso porque o simbolismo do compromisso selado via matrimônio é algo pelo qual os futuros cônjuges almejam, quer seja por motivos pessoais ou religiosos”, destaca.

O Cartório do Ipiranga possui equipe especializada para a realização do processo de casamento e participa efetivamente de todas as etapas pelas quais os noivos precisam passar. Os colaboradores da unidade esclarecem dúvidas e orientam sobre a importância da escolha prévia do regime de bens.

Sobre o casamento

Para formalizar o casamento civil, é necessário comparecer ao Cartório com pelo menos 30 dias de antecedência da data desejada, acompanhado de duas testemunhas, pagar o valor do ato (R$) e apresentar documentos pessoais de ambos os noivos – CPF, RG e certidão de nascimento.

Noivos divorciados devem também apresentar a certidão de casamento com averbação de divórcio, enquanto viúvos devem apresentar a certidão de casamento, junto com a certidão de óbito do cônjuge falecido. Já noivos entre 16 e 17 anos de idade, deverão estar acompanhados pelos pais ou representantes legais.

Feito isso, a habilitação de casamento é concedida e o edital de proclamas é publicado em meio eletrônico para dar conhecimento geral à população, pelo prazo de 15 dias. Finalizado os procedimentos formais, o casal pode marcar a data da cerimônia, que deverá ser realizada em até 90 dias.

A celebração pode ser feita dentro do próprio Cartório, por um juiz de paz, na presença das duas testemunhas escolhidas previamente, ou ainda em diligência – em buffet, clubes ou casas de festas, a pedido dos noivos. Também é possível realizar o casamento religioso – na Igreja – com efeitos civis. A certidão de casamento é emitida no ato da celebração e entregue aos noivos.

Para obter mais informações sobre este serviço, consulte-nos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s